quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Gostos não se discutem

As coisas de que eu gosto.



Cremes.




Há dois tipos de pessoas


E vocês, deitam primeiro o leite ou os cereais na taça? Eu deito primeiro os cereais e só depois ajusto o leite necessário, porque gosto que tenha muito leite, sempre a cobrir os cereais.

terça-feira, 22 de agosto de 2017

Norte, sul, este, oeste

Em alguns dos trails em que participo é normal o sítio da partida ser algo tipo 'no largo da igreja' ou 'junto da igreja velha'. Já que eu muitas vezes vou para sítios que não conheço, eu e provavelmente muitas outras pessoas, estas indicações parecem-me bastante vagas. Será assim tão difícil incluírem o nome de uma rua que apareça no GPS ou o número das coordenadas? Já andei mais de meia hora às voltas, a pedir indicações às pessoas que encontrava na rua, completamente perdida em terras que não conheço, por ruas que o meu carro quase não passava, e tudo isto seria evitado com indicações precisas. Nomes de ruas, ok, pessoas que organizam os trails? Nomes de ruas ou coordenadas, lembrem-se.

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Chinesices

Como estou rabugenta hoje, vou começar com um post negativo. Não gosto da Parfois. É uma das lojas mais overrated da actualidade. Aquilo são chinesices sem qualidade, com o preço super inflacionado. As únicas ocasiões em que compro são quando quero ter alguma coisa que se usa no momento e que sei que não vou usar muito, por isso não importa se é mais fraco. Tipo quando quis comprar uma mochila, mas já sabia que me ia fartar rápido, então comprei lá. De resto, hoje em dia não compro lá nada. Já cheguei a comprar alguns porta-moedas e carteiras no passado, apesar de nunca ter sido grande fã, mas acabam por se estragar rapidamente, nota-se que os materiais são fracos e começam a descolar ou descascar, para além de não serem nada baratos. Pelo mesmo preço, julgo que se arranja melhor em outras lojas. E é uma empresa que está em super crescimento, de ano para ano, sempre com lojas maiores nos shoppings. Não consigo perceber.

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Volta

A Volta passou em minha casa. Não ligo nem sei nada sobre ciclismo, mas já que ia passar mesmo à minha porta e até estava tanta gente na rua à espera, fui ver à janela também. E passou assim um aglomerado de bicicletas e acabou. Não sei quantos são, mas pareceram-me poucos. Quando eu era miúda, lembro-me que vi a Volta passar em minha casa mais de uma vez e eu ficava imenso tempo a ver passar ciclistas. Alguns sozinhos na frente, depois o pelotão, depois os mais atrasados. O ciclismo está menos concorrido hoje em dia, não está? Ou entã os ciclistas estão mais bem preparados e já não há quem vá à frente ou atrás. vão sempre todos juntinhos.

Dúvidas

O hotéis não deviam ser mais baratos se reservados directamente, em vez de usar plataformas intermediárias como o Booking ou semelhantes? Assim não teriam de pagar comissões ou taxas ou whatever. Mas quase nunca isso é verdade. Também acham estranho?

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Gatinhaaaaaaaaaaaaaaa


Presidente? Presente!


http://observador.pt/2017/08/15/marcelo-rebelo-de-sousa-a-caminho-do-funchal-e-antonio-costa-envia-condolencias/


Ufa, ao menos já chegou o Marcelo para dar abraços e tirar selfies com as pessoas da Madeira. Podem não receber mais nada, tipo indemnizações ou pessoas competentes que resolvam os problemas antes de se transformarem em tragédias, mas ao menos recebem carinho.

Vidente

Em relação à árvore que caiu na Madeira e matou 13 pessoas, e já estava sinalizada e até já lá tinha ido uma equipa verificar o estado da árvore e disse que não havia perigo de queda, vai ser feita uma peritagem para se apurarem as causas do incidente. Eu posso já adiantar o resultado dessa peritagem, poupando quiçá milhares de euros à autarquia: não foi responsabilidade de ninguém da equipa que já lá tinha ido ver a árvore, ela caiu porque foram causas novas. Ninguém irá ser responsabilizado. Agora podem gastar o dinheiro da peritagem noutra coisa qualquer, tipo fazer rotundas ou pintar as estradas. Não têm de agradecer.

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

E121

Lembrei-me recentemente de groselha. Há muitos anos que não bebo um refresco de groselha e isso costumava saber-me tão bem! Então fui ao supermercado à procura de xarope de groselha. Só havia uma marca, que não me recordo qual era. Olhei para os ingredientes, que como se sabe vêm por ordem decrescente em relação à quantidade usada no produto em questão, e comecei a ler: água, açúcar, aroma, corante, Exxx, Exxx, e por aí fora. Resumindo, não vi lá nem uma menção a groselha, o fruto que dá nome (pelos visto só isso) à bebida. Apenas aromas, que supus artificiais, e corantes e esses Es todos que não fazem nada bem. Para pena minha, tive de deixar lá a garrafa. Gostava muito de beber um refresco de groselha, mas gostava menos de ingerir mais uma quantidade absurda de açúcar e cenas variadas artificiais. Se calhar, tenho de procurar outra marca para ver se é diferente.

Verdade


Bom artigo:




https://oinsurgente.org/2017/08/11/viver-num-t2-no-centro-da-cidade-por-menos-de-400e-sim-e-possivel/

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Cinemaxunga

Quero recomendar o melhor blog de cinema da internet:





Cinemaxunga





Não é meu amigo nem nada (mas não teria mal nenhum que fosse, ser meu amigo não quereria dizer que não pudesse ser bom na mesma), a recomendação é imparcial. É só mesmo muito bom, para quem aprecia o género.

Desconversando


Adoro a forma como os gestores de redes sociais no LIDL evitam as perguntas e dão respostas politicamente correctas, redigidas com antecedência, que não têm muito a ver com o que foi perguntado.







E continuava, por dezenas e dezenas de comentários. Mas até percebo que não possam/saibam responder a todas as parvoíces que se perguntam.

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Sem luz ao fundo do túnel

É deprimente ir ao facebook e instagram e ver toda a gente de férias, na praia, em restaurantes, em sítios no geral e eu a trabalhar, sem sequer ver a possibilidade de férias brevemente. Isto de ter férias em Junho não foi grande ideia, parece-me.